Gelatinas & Gelatinas






Gelatinas refrescantes e saborosas!


Em casa somos todos a gostar.
Tenho recebido de alguns leitores dúvidas no sentido de como usar a gelatina nas sobremesas, particularmente nas equivalência e devida utilização da gelatina em pó e de folhas. Nesta lógica resolvi escrever este post, muito simples e resumido, para que de alguma forma possa servir de ajuda a quem precisar.

Para além de todas as propriedades, a gelatina presta-se a inúmeras preparações culinárias, nomeadamente na confecção de doces.

Em termos nutricionais tem alto valor nutritivo, é uma proteína praticamente pura e de fácil digestão. Refrescante e saborosa, ajuda controlar a vontade de comer doces e ainda estimula a produção de fibras de colagénio.


As mais conhecidas e utilizadas pela maior parte de nós são as de origem animal ; em pó ou em folhas. A primeira  aplica-se directamente e a segunda tem de ser hidratada em água fria e depois derretida num liquido quente. A equivalência entre uma e outra é a seguinte: 1 folha de gelatina equivale a uma colher de chá de gelatina em pó.


Existe também a alternativa vegan, esta de origem vegetal, apresenta-se em pó ou em flocos,  a alga  ágar-ágar. A equivalência ( valores aproximados) desta é a seguinte ; 1 colher de chá de gelatina em pó (de origem animal) equivale a 1 colher (chá) de ágar-ágar em flocos ou 1/2 colher (chá) de ágar-ágar em pó.

Vai uma colherada de frescura ?






Um dia feliz para todos.
Aquele abraço.



Quadrados de Marmelada





Sabem aqueles bolinhos que nos fazem recordar a infância? Pois diria que o sabor e a maciez destes bolinhos me levaram até lá. É um bolo guloso e curiosamente não muito doce. Dá para muitas bocas, ainda que, seja difícil ficar apenas pelo primeiro quadradinho. O melhor é fazerem-no também, estou certa que vão gostar!






Quadrados de Marmelada


Ingredientes:

5 ovos grandes
180 g de açúcar
100 g de margarina amolecida
raspa fina de 1 limão
250 g de farinha fina para bolos
50 g de farinha Maizena
1 colher de chá ( cheia) de fermento para bolos Royal
aproximadamente 150 g de Marmelada Casa da Prisca
Açúcar em pó para polvilhar


Método:

Bata os ovos com o açúcar e a raspa do limão até aumentarem de volume e obter uma mistura esbranquiçada.

Amoleça a margarina e reserve. Peneire a farinha de trigo com a Maizena e o fermento para bolos.
Junte a margarina à mistura dos ovos sem parar de bater alternando com as farinhas e continuando a bater.

Ligue o forno nos 190ºC. Unte um tabuleiro com margarina e polvilhe com farinha ( dimensões do que usei 33x22).

Verta a massa para o tabuleiro, corte pequenos quadrados de marmelada e disponha por toda a massa. Leve ao forno cerca de 25 minutos ou até verificar que está cozido. Convém não deixar cozer muito para que a massa fique macia. O melhor é fazer o teste do palito.

Deixe arrefecer dentro do tabuleiro, polvilhe com açúcar em pó e corte pequenos quadrados de bolo. É optimo para acompanhar uma chávena de chá ou café.







A semana já vai a meio, envio para todos um grande abraço!

Sigam esta cozinha também na página do facebook, façam "Like" e fiquem a par de todas as novidades. Espero lá por vós.





Fofos de Limão






Das muitas voltas que a vida dá surgem novas pessoas e com elas, novos desafios e oportunidades.
Assim surgiu o convite para colaborar na nova revista de culinária Pratos & Sabores. Um projecto recente, um conceito novo a meu ver muito interessante que reúne receitas de vários food blogers.
Com o segundo número nas mãos, e feliz por fazer parte deste projecto, não resisti a estes fofos de limão, receita da autoria de nossa Lúcia Fernandes.
Simples, fáceis e bons!



Fofos de Limão


Ingredientes:

1 limão
50 g de manteiga
200 g de açúcar
3 ovos
1 colher de sopa de essência de baunilha
250 g de leite
50 g de farinha

Método:


Ligue o forno a 180º C.

Bata o açúcar, a manteiga e as raspas do limão.

Esprema o sumo do limão e junte ao preparado anterior, juntamente com a baunilha, as gemas, o leite e farinha. Bata esta massa para que fique homogénea (esta massa fica mais liquida que o habitual, mas é perfeitamente normal).

Monte as claras em castelo firme e envolva na massa.

Unte 8 ramekins com margarina e polvilhe com farinha.
Leve ao forno cerca de 25 minutos. Eles crescem (faz lembrar o suflé) e ficam amarelinhos.

Deixe arrefecer antes de desenformar para não partirem . Depois de desenformar polvilhe com açúcar em pó.

 Decore com casca de limão ou raspa da casca do limão, foi o meu caso.









Inspirem-se também com a Pratos &Sabores nº 2 já nas bancas.






Boa semana para todos!
O abraço do costume.




Supremas de Bacalhau em Cebolada de Pimento Vermelho







Esta semana foi particularmente marcada por refeições de peixe. Talvez um pouco para me redimir dos "estragos" alimentares de um fim-de-semana muito doce.
As supremas de bacalhau fresco são óptimas aliadas nestas linhas de pensamento, ricas em Ómega 3 e baixas em calorias, oferecem-nos todo o sabor e textura do bacalhau fresco mesmo nos pratos mais simples. De salientar também a deliciosa harmonia que o sabor do funcho lhes oferece, ideal para temperar pratos de peixe e mariscos.


Produto Pescanova utilizado nesta receita:




Supremas de Bacalhau em Cebolada de Pimento Vermelho



Ingredientes:
(2 pessoas)

1 embalagem de Supremas de Bacalhau Pescanova
2 cebolas grandes cortadas em rodelas
1 pimento vermelho cortado em rodelas
4 dentes de alho esborrachados com a ponta da faca
1/2 copo de vinho branco
1 fio de azeite
1 pitada de sal (apenas para as cebolas e pimento)
sumo de limão q.b.
Funcho q.b
Moinho de 5 Bagas Pimentas Margão q.b.




Método:

Descongele as supremas de bacalhau, tempere com sumo de limão, pimentas e funcho.
Leve ao lume uma frigideira com o fio de azeite, os alhos, as cebolas e o pimento. Tempere com um pouco de sal. Assim que amolecerem e começarem a reduzir, junte 1/2 copo de vinho branco, deixe que evapore um pouco e junte as supremas. Cozinhe de um lado e outro (bastam poucos minutos), começando pelo lado da pele voltada para baixo.

Sirva de imediato regado com mais um pouco de sumo de limão e acompanhe com o que mais gostar.
Acompanhei com brócolos cozidos. Simples e tão saboroso!






Desejo a todos um extraordinário fim-de-semana!

Façam like na página do Facebook e fiquem a par de todas as actualizações.




Croissants com Recheio de Morango






Croissants para o lanche de um destes dias... simples e bons!




Uma embalagem de massa folhada no frigorifico e a enorme curiosidade de experimentar o recheio de morango Dulcis ditaram este lanche. Num instante se prepararam. Foi o tempo de cortar a massa, recheá-los e forno com eles. Ainda parei uns segundos para os pincelar com gema de ovo e salpicá-los com bolinhas coloridas da Vahiné.
 
 
 
 
Croissants com Recheio de Morango
 
Ingredientes:
(rendem 8 unidades)
 
1 embalagem de massa folhada refrigerada redonda
1 embalagem (200 g) de recheio de morango Dulcis 
1 gema de ovo diluída num pouco de leite
pepitas coloridas Vahiné
 
 
Método:
 
Ligue o forno a 200 º C.
 
Desenrole a massa e divida-a em 8 partes (como mostro na foto).
Coloque montinhos de recheio por cima de cada triangulo de massa. Enrole no sentido da parte mais larga para a mais estreita.
Pincele com gema de ovo diluída num pouco de leite. Polvilhe com as bolinhas coloridas.
Transfira-os  para um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal.
No meu forno bastam 20 a 25 minutos para folharem e ficarem com este aspecto. 
 
 
 
 
 
Continuação de boa semana!
 
Façam like na página do Facebook e fiquem a par de todas as actualizações.
 

Medalhões de Salmão Grelhados com Molho de Laranja e Coentros





O inicio da semana é (quase) sempre marcado por pratos de peixe. E para acalmar os ânimos nada melhor que preparar medalhões de salmão que todos gostam. Livres de peles e espinhas são deliciosamente suculentos.


Produto Pescanova utilizado nesta receita

 

Medalhões de Salmão Grelhados com Molho de Laranja e Coentros


Ingredientes:

(1 embalagem tem 4 medalhões)

1 embalagem de Medalhões de Salmão Pescanova
sumo de duas laranjas
1 colher de café de mel
100 ml de água
1 colher de sobremesa de maisena
sal q,b.
pimenta q.b.
alhos esmagados q.b.
margarina q.b.
um molho de coentros




Método:

Tempere os medalhões de salmão com sal, alhos e pimenta.
Unte um grelhador com um pouco de margarina, disponha dos medalhões e grelhe-os de um lado e outro.


Entretanto esprema o sumo das laranjas para uma frigideira e adicione a colher de café de mel. Dissolva a maisena na água e junte ao sumo das laranjas, mexa e espere que engrosse um pouco. Retire do lume. Pique os coentros e junte ao molho.
Sirva os medalhões regados com este molho e acompanhados com feijão verde cozido.




Continuação de boa semana para todos!

Sigam-nos também na página do Facebook e recebam todas as actualizações.


World Baking Day - Bolo de Chocolate com Frutos Vermelhos




 

 
 
Hoje é dia de comemorarmos o World Baking Day
Um Domingo que se quer doce, seja acompanhado por um bolo,  uma tarte ou bolachinhas.  O desafio foi-nos proposto pela Vaqueiro , marca que dinamiza o projecto em Portugal. A campanha deste ano incentiva-nos a "fazer mais um bolo" , afinal não tem de haver um motivo especial para mimar-mos os que nos são queridos.
 
O bolo que fiz é uma adaptação de uma receita do livrinho que a vaqueiro nos enviou, decidi fazer toda a massa com chocolate já que este é o ingrediente mais "sonhado" cá em casa. O contraste do chocolate com os frutos vermelhos e a cobertura em creme de queijo estiveram em sintonia, foi muito apreciado por todos.
 

 
 
 

Bolo de Chocolate com Frutos Vermelhos 

 
 
 
 
Ingredientes:
 
200 g de farinha para bolos
70 g de maizena
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
125 g de margarina Vaqueiro Liquida
30 g de chocolate em pó Pantagruel
150 ml de água
250 de açúcar moreno Sores
6 ovos
 
Recheio:
 
Doce de Mirtilos q.b.
 
Cobertura:
 
1 colher de sopa de açúcar baunilhado
200 g de frutos vermelhos congelados
200 g de queijo mascarpone
200 ml de natas bem frescas para bater
sumo e raspa de 1 limão
4 colheres de sopa de açúcar moreno Sores
 
 
 
Método:
 
Dissolva o chocolate em água quente e reserve.
 
Ligue o forno nos 190ºC.
  
Bata o açúcar moreno com as gemas até obter um creme esbranquiçado muito fofo. Adicione a Vaqueiro liquida e volte a bater até estar incorporada . Junte a farinha para bolos peneirada com a Maizena e o bicarbonato de sódio e misture bem.
 
Bata as claras com o açúcar baunilhado em castelo bem firme e incorpore-as delicadamente na massa.
Unte uma forma (a que usei 26 cm de diâmetro ) com margarina, polvilhe com farinha e verta para lá o preparado. Leve ao forno cerca de 30 a 35 minutos ou até verificar que está cozido.
 
Deixe arrefecer em cima de uma grelha. Depois de frio corte-o na longitudinal para o rechear com o doce de mirtilos. Junte as duas metades e reserve.
 
Prepare a cobertura:
 
Bata o mascarpone com o açúcar amarelo, a raspa e o sumo do limão. À parte bata as natas até estarem bem espessas e envolva-as no creme de queijo.
 
Ao centro do bolo crie uma circunferência (como pode ver na foto) e disponha do doce de mirtilos e os frutos vermelhos. Coloque o creme de queijo dentro de um saco de pasteleiro e cubra o bolo com os efeitos que desejar.
Leve ao frio e sirva fresquinho!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Feliz World Baking Day! 
 
 
 

Crepes Salgados com Salpicão de Perú e Azeitonas Verdes







O tempo quente pede-nos refeições leves. O nosso apetite vai-nos propondo ideias de pratos mais ligeiros. Surgem os petiscos de Verão!

Os crepes são uma boa ideia para estes dias quentes. Rápidos, simples e muito versáteis, acompanham bem o que lhes queiramos juntar.
Nestes combinei dois ingredientes de excelência Casa da Prisca: o salpicão de perú em forno de lenha e a pasta de azeitonas. Inspirem-se também!





Crepes Salgados com Salpicão de Perú e Azeitonas Verdes



Ingredientes:
(8 crepes)

Massa

250 g de farinha sem fermento
300 ml de leite amornado
4 ovos
4 colheres de sopa de margarina Vaqueiro liquida
sal q.b.
pimentas moídas (moinho de 5 bagas) Margão
4 colheres de sopa de coentros frescos picados

Recheio

Salpicão de perú em forno de lenha Casa da Prisca

(Elaborados a partir de uma criteriosa selecção das melhores peças de carne de peru, o seu sabor é potenciado pela excelente combinação e envolvência da vinha-d’alhos).

Pasta de azeitonas verdes  Prisca Seduction  q.b.
(Uma alquimia natural de azeitonas verdes, azeite extra-virgem, mel e ervas aromáticas).

Pimentos vermelhos assados em conserva q.b.

Folhas de alface q.b.




Método:

Peneire a farinha com o sal fino e a pimenta moída da altura. Ao centro junte os ovos, o leite e a margarina. Misture tudo com uma vara de arames, adicione os coentros frescos picados e volte a mexer muito bem até obter uma massa homogénea. Corrija o sal se necessário.
Deixe em repouso cerca de 15 minutos.

Unte uma crepeira ou frigideira com um pouco de margarina, deixe que aqueça e deite uma colherada de massa rode a crepeira de modo a espalhar a massa sobre o fundo. Deixe alourar e volte o crepe para cozinhar do outro lado.

Depois de frios proceda à sua montagem, barre cada crepe com uma colher de chá de pasta de azeitonas verdes, espalhe bem com uma espátula , de seguida junte uma folha de alface, o salpicão cortado em rodelas finas, e por ultimo finalize com o pimento grelhado (quantidade a gosto).
Enrole os crepes e dê um corte a meio, dividindo-os em dois como mostro nas fotos.





 
 
De novo a chegar ao fim-de-semana, resta-me desejar-vos bom fim-de-semana!
 
No Domingo temos bolinho para nos juntarmos à festa do World Baking Day, fiquem bem e recebam o abraço do costume ;)
 
 
 
 

Queques de Maçã e Canela




 


Estes bolinhos de preparação muito fácil e rápida, trazem com eles uma das combinações melhor reputadas por todos nós, quem não aprecia a dupla maçã e canela?
De interior húmido e macio, privilegiei-os com a cobertura de maçã e canela da Dulcis.




Queques de Maçã e Canela

(rendem cerca de 20 unidades)

250 g de farinha de trigo sem fermento
120 g de açúcar
90 g de açúcar moreno (ou amarelo)
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 colher de chá de canela Margão
1 colher de chá de gengibre em pó Margão
1 iogurte natural
100 ml de óleo de girassol
3 ovos médios
3 maçãs reinetas descascadas e cortadas em cubinhos

Para a cobertura:

Dulcis de Maçã e Canela (200g)


Método:

Ligue o forno a 200ºC.
Forre as formas dos queques (ou tabuleiro de muffins) com forminhas de papel plissado.
Misture dentro de um recipiente, a farinha peneirada com o fermento, os açucares, a canela e o gengibre.

Noutro recipiente, misture o iogurte , o óleo, os ovos e de seguida verta sobre os ingredientes secos. Envolva bem para incorporar sem bater muito.

Junte os cubinhos de maçã à massa e divida pelas forminhas de papel.

Leve ao forno pré-aquecido cerca de 20 minutos ou até verificar que estão douradinhos e cozidos.
Retire do forno, aplique a cobertura de maçã e canela  Dulcis.








De forma muito resumida o projecto Dulcis surgiu para satisfazer as necessidades de todos aqueles que como nós, valorizam e apreciam o conceito " fui eu que fiz" ou "foi feito lá em casa".
É com um espirito muito doce que a Dulcis pretende trazer até nossas casas as melhores matérias-primas para a composição de surpreendentes e deliciosas receitas. Com muita variedade de opções permite-nos de forma bastante comoda escolher e fazer as nossas receitas com elevada qualidade e praticidade.

Alguns exemplos:
 
Dulcis – Recheios de fruta nos sabores de maçã, maçã-canela, ananás, morango, framboesa, maracujá, frutos silvestres e frutos silvestres sem açúcar adicionado.
 
·         Dulcicremes – Cremes nos sabores de canela, brigadeiro, pasteleiro e pasteleiro sem açúcar e sem gordura.
 
·         Dulcipastas – Preparados para mousses nos sabores de maracujá, manga, framboesa e chocolate.
 
·         Dulcipolpas – Polpas de fruta nos sabores de morango, manga e maracujá. Embalagens de 180g.
 
·         Dulcibrilhos – Brilhos nos sabores de chocolate, caramelo e frio neutro.

Recém introduzida no mercado, a marca promete expandir-se por diferentes pontos de venda de forma a chegar a todos. Desta forma, os interessados poderão contactar directamente a empresa no sentido de satisfazer essa questão através do e-mail  comercial@dulcis.PT.




Pasteis de Feijão








Sempre fui apaixonada por estes pequenos bolinhos. À conversa com o Chef Rui Ribeiro autor do blog Faz&Come  e depois de ter visto as fotos destes deliciosos pasteis, a ideia de os ir fazer surge de repente. Foi mais um daqueles encontros improváveis que logo deixam de o ser.
Gostámos muito, são deliciosos e dificilmente ficamos pelo primeiro, atrevam-se a experimentar!



Pasteis de Feijão

Ingredientes:
(rendem 14 a 16 unidades)

Massa

150g de farinha
60g de margarina fria
1 pitada de sal
2 colheres de sopa de água gelada


Recheio

9 gemas
170g de feijão branco cozido
1 colher de sopa de canela moída Margão
1 colher de sopa de farinha
Açúcar em pó para polvilhar q.b.


Calda

250g de açúcar
1 casca de laranja
125ml de água


Método:

Numa tigela ou no robot de cozinha colocamos todos os ingredientes da massa à excepção da água e amassamos até obter uma mistura granulada. Adicionamos a água bem fria e amassamos bem.
Dependendo do tipo de farinha que usarmos, poderá ser necessário juntar mais água.
Formamos uma bola, tapamos com um pano e reservamos.

Trituramos o feijão cozido e reserva-se.

Prepara-se a calda entretanto.
Levamos ao lume um tacho com a água, o açúcar e a casca da laranja, assim que começar a ferver conta-se 4 minutos e retiramos do lume. Esperamos que arrefeça um pouco.
Adiciona-se a calda em fio às gemas mexendo bem, adicionamos a canela, o puré de feijão e misturamos bem.

Numa superfície enfarinhada, estendemos a massa bem fina e dispomos por cima das forminhas fazendo pressão com o rolo para as cortar. Ajusta-se com os dedos retirando alguma bolsa de ar que se possa ter formado.
Enchemos com o creme de feijão até 3/4 da capacidade das formas, polvilha-se com açúcar em pó. Levam-se ao forno pré-aquecido nos 170ºC durante 20 minutos. Findo este tempo volta-se a polvilhar com açúcar em pó e levam-se ao forno mais 15 minutos aproximadamente.

Sugestão do Chef Rui Ribeiro:

Devem servir-se mornos ou completamente frios e se gostarem podem polvilhar com canela.






Siga-nos também na nossa página do Facebook, "Goste" e traga amigos.



Choquinhos em Cama de Puré de Favas







Os paladares educam-se. A minha relação com o sabor das favas nunca foi das melhores. Mas tenho para mim que a resistência que fazemos a determinados ingredientes costuma ser vencida pela insistência.
Por vezes basta a forma como os temperamos ou confecionamos, para nos fazer mudar de opinião.
Este ano, chegaram de novo favas tenrinhas à minha cozinha, e eu teimosa que sou voltei a tentar os paladares. Posso-vos dizer que a nossa relação melhorou bastante. Fiz então o puré de favas que vos apresento, servindo de companhia aos choquinhos. Uma refeição deliciosa!




Choquinhos em Cama de Puré de Favas



Ingredientes:

2 embalagens de Choco Limpo Pescanova ( 2 x 500 g)
1 cebola picadinha
1 fio de azeite
1 colher de sopa de manteiga
1 pimento vermelho cortado arranjado cortado em cubinhos
4 dentes de alho
1 colher de sopa de vinagre balsamico
salsa fresca picada q.b
sal q.b
pimenta q.b.

Produto Pescanova utilizado nesta receita:






Puré de favas:

4 chávenas de chá de favas descascadas
água q.b. para a cozedura
1 dente de alho
1 folha de louro
200 ml de leite
2 colheres de sopa de manteiga
sal q.b.
pimenta q.b.


Método:

Para o puré de favas

Coza as favas num tacho com água, 1 dente de alho, 1 folha de louro e 1 fio de azeite até ficarem macias.
Rejeite a água, o louro e o alho, escorra-as e retire-lhes a pele, junte 200 ml de leite, 2 colher de sopa de manteiga, tempere de sal e pimenta, triture com a varinha mágica até obter um creme homogéneo. Reserve.

Choquinhos

Passe os choquinhos por água, escorra bem e enxugue-os muito bem com papel absorvente. Leve ao lume uma frigideira com o fio de azeite, a manteiga, a cebola picadinha, o pimento e os alhos ligeiramente esmagados. Deixe fazer um breve refogado. Junte os choquinhos, a colher de sopa de vinagre, tempere com sal e pimenta, tape a frigideira e deixe cozinhar durante cerca de 15 minutos.
Sirva-os numa cama de puré de favas polvilhados com salsa fresca picadinha. Pode juntar também batatas cozidas.










Siga-nos também na nossa página do Facebook, "Goste" e traga amigos.







.

Pudim de Cuajada com Mirtilos








Esta bonita forma que recebi da Royal parece ter sido feita para falar de amor.
Ao centro tem o formato de coração em baixo-relevo o que me permitiu preenche-lo com doce de mirtilos.  Nas extremidades a delinear o coração coloquei a fruta natural.
Fica então uma sugestão fresquinha que pode muito bem servir a sobremesa para o próximo Domingo, dia da mãe.
A quantidade de ingredientes que indico depende da capacidade da forma que utilizarem, esta minha é bastante funda e permitiu-me utilizar um litro de leite, poderão fazer apenas metade da receita, ou optar por forminhas individuais, é como preferirem.



Deixo a imagem da embalagem da cuajada para melhor a identificarem caso não conheçam.






Pudim de Cuajada  com Mirtilos



Ingredientes:

1 litro de leite meio gordo
100 g de açúcar
5 colheres de sopa (cheias) de doce de mirtilos
1 embalagem de cuajada Royal  (4 saquetas)
óleo para untar a forma

Decoração:

mirtilos
groselhas
doce de mirtilos


Método:

Misture 4 saquetas de cuajada com o açúcar, junte o leite e o doce de mirtilos, mexa bem e leve a lume baixo mexendo sempre até engrossar, sem deixar ferver.

Unte uma forma de pudim com um pouco de óleo e verta o preparado lá para dentro.
Depois de arrefecido leve ao frio cerca de 2 a 3 horas.

Depois de solidificado desenforme e decore com o doce de mirtilos e as frutas.


Método  para a Bimby: Coloque dentro do copo da Bimby  o leite, o açúcar, o doce de mirtilos , a cuajada e programe 30 segundos Vel. 5.
Programe 12 a 15 minutos Temp. 90º C Vel. 3.
Proceda da forma que indico acima para o método tradicional.








Bom fim-de-semana para todos!

Siga-nos também na nossa página do Facebook, "Goste" e traga amigos.